Nós decidimos mudar um pouco o nosso planejamento. Conforme fomos implementando funções que supostamente deveriam entrar apenas em versões futuras, e o motor do jogo amadureceu, ao invés de continuar fazendo uma série de versões zero-ponto (0.X), nossa próxima versão será a 1.0, focada na reestrutuação da arquitetura de arquivos, de forma a termos muito menos coisas hardcoded, mas não como inicialmente previsto. Resumindo, algumas coisas que pensamos em fazer ajustáveis manualmente, como definir a posição X e Y inicial para cada sprite de um NPC, não irá mais acontecer, já que adiciona muita complexidade mas tem poucas vantagens para um usuário ou editor. O que irá sim ser feito, como já foi feito para os objetos, é uma melhor separação entre elementos do mapa, ou seja, ao invés de fazer parte do arquivo de mapa, a lista de objetos é guardada em um arquivo separado, como se fosse uma tabela relacional de SQL. Isso irá permitir modificações no formato de arquivo sem haver necessidade de se reconstruir o mapa inteiro, fazendo com que seja mais rápido implementar melhorias no editor e jogo.

Por fim, temos novos requisitos mínimos para hardware:

  • tela de 320×200
  • 16 MB de RAM
  • CPU deve ser veloz o suficiente para rodar o jogo a 30 FPS

Isso fará com que a versão para Nintendo DS seja definitivamente excluída. Infelizmente o hardware, e principalmente o SDK, do DS são muito fracos para suportar um jogo multi-plataforma com SDL. Uma versão nativa ainda será possível, mas não estará em nosso radar a menos que alguma outra pessoa decida fazê-la. Para pessoas donas de um DS, recomendo comprarem um Dingoo A320 ou GA330, ou esperem por uma versão decente da SDL para DSi ou 3DS.