[lang_pt-br]Nós decidimos mudar um pouco o nosso planejamento. Conforme fomos implementando funções que supostamente deveriam entrar apenas em versões futuras, e o motor do jogo amadureceu, ao invés de continuar fazendo uma série de versões zero-ponto (0.X), nossa próxima versão será a 1.0, focada na reestrutuação da arquitetura de arquivos, de forma a termos muito menos coisas hardcoded, mas não como inicialmente previsto. Resumindo, algumas coisas que pensamos em fazer ajustáveis manualmente, como definir a posição X e Y inicial para cada sprite de um NPC, não irá mais acontecer, já que adiciona muita complexidade mas tem poucas vantagens para um usuário ou editor. O que irá sim ser feito, como já foi feito para os objetos, é uma melhor separação entre elementos do mapa, ou seja, ao invés de fazer parte do arquivo de mapa, a lista de objetos é guardada em um arquivo separado, como se fosse uma tabela relacional de SQL. Isso irá permitir modificações no formato de arquivo sem haver necessidade de se reconstruir o mapa inteiro, fazendo com que seja mais rápido implementar melhorias no editor e jogo.

Por fim, temos novos requisitos mínimos para hardware:

  • tela de 320×200
  • 16 MB de RAM
  • CPU deve ser veloz o suficiente para rodar o jogo a 30 FPS

Isso fará com que a versão para Nintendo DS seja definitivamente excluída. Infelizmente o hardware, e principalmente o SDK, do DS são muito fracos para suportar um jogo multi-plataforma com SDL. Uma versão nativa ainda será possível, mas não estará em nosso radar a menos que alguma outra pessoa decida fazê-la. Para pessoas donas de um DS, recomendo comprarem um Dingoo A320 ou GA330, ou esperem por uma versão decente da SDL para DSi ou 3DS.[/lang_pt-br]

[lang_en]We decided to change our plans a little bit. As we started implementing things that were suposed to get only on later versions, and the game engine matured really well, instead of doing a series of zero-dot (0.X) versions, the next one will be focused in refactoring file-architeture in order to have much less hardcoded stuff, but not as much as initially planned. In short, some stuff we tought like manually adjusting initial X and Y for each NPC sprite, will not happen, as it adds too much complexity and have little advantages to the player/editor. What will make is a better separation of elements, like was already done for object list, meaning, instead of a map object list being part of the map file, a separated file will contain it, being a little more like a SQL database with relations. This will allow us to change file-format without having to redraw the entire map, meaning faster improvements in editor and game.

Finally, we set a new standard for minimal hardware requirements:

  • 320×200 display
  • 16 MB RAM
  • CPU must be fast enought to run game at 30 FPS

This means, the Nintendo DS port is now out. Sadly the hardware and most important, the SDK, is too weak to support a multi-platform game written in SDL. A native port is possible, but it will not be on our radar if someone else does not take over it, we will focus on pure SDL coding. For people that have a DS, I recomend to buy a Dingoo A320 or GA330, or hope for a decent SDL port/SDK for DSi/3DS.

[/lang_en]