Eis o nome do projeto para criar uma engine open-source similar aos jogos clássicos Rockman (Megaman nos EUA). O nome surgiu fácil, trocando man (homem) por bot (robô) e mantendo o Rock ao invés de Mega, pois a versão japonesa é mais legal.
Mais complexos são os objetivos: criar uma engine que seja flexível o suficiente para se criar um jogo praticamente igual a um Rockman clássico; para tanto o programa se dividirá em duas partes.

Primeiramente teremos um editor, programado em C++ e usando a biblioteca Qt para a criação de janelas e widgets, este editor deverá permitir ao usuário criar mapas, definindo pontos em que o personagem toma dano, morre, portas e outros, ponto inicial de saída do personagem, e vários aspectos dos npcs, tais como se eles disparam, se atacam ao se aproximarem, etc. Agora pense por exemplo na lógica de Toadman de Rockman 4: se atingido por um tiro, ele pula sobre o personagem. Isto é difícil de ser informado pelo usuário, de forma que alguns tipos pré-existentes de habilidades e NPCs terão de ser programados diretamente na engine e disponibilizadas como opções de escolha. A complexidade do editor portanto está em dar ao usuário, opções o suficiente para ele poder criar um jogo que não fique repetitivo.

O game-core, programado em C e utilizando a biblioteca SDL, e portado para Windows, Linux e Playstation 2, é o jogo em sí. Ele deverá abrir um arquivo de jogo, criado no editor, ler as fases e npcs e permitir ao usuário jogá-las. A engine em sí é basicamente simples, e como a idéia é reproduzir a série clássica de Rockman (1-6 e 9), um mínimo de diferenças em relação ao original deve ser feito, mas iremos adicionar alguns elementos inéditos à série, como a possibilidade de duas pessoas jogarem com dois personagens simultaneamente, ao melhor estilo Contra ou Chip & Dale.

Por enquanto é isso, acompanhem as novidades aqui na upperland.net que logo teremos mais informações sobre este projeto.